O CAFÉ NO MUNDO

A cultura do café surgiu na Europa ocidental no século XVIII. Hoje o café está presente em todo o mundo, com muitas diferenças na preparação e nos hábitos de consumo.

ITÁLIA

Berço do expresso e inventor dos bares, é um dos maiores exportadores de café torrado, ocupando o 10º lugar em consumo. A primeira “loja de café” foi inaugurada em Veneza em 1645. Em Nápoles, em seus imensos bares, foi criada grande parte da cultura de consumo do café, onde é servido um espresso ristretto com um pouco de açúcar adicionado durante a extração.

FRANÇA

Entre os séculos XVII e XIX, os cafés parisienses acolhiam intelectuais como Voltaire e Honoré de Balzac. Hoje em dia é consumido principalmente o café filtrado, servido com croissants e baguetes, enquanto os apreciadores de espresso vão para as brûleries. No norte, consome-se um espresso mais longo em relação ao italiano.

EUA

O café filtrado e o café por infusão são os mais comuns: é servido em canecas ou em copos grandes de papel, a oferta é muito ampla e as aromatizações são variadas. O consumo não se concentra em um período específico do dia - é muito mais eclético - como a cidade de Nova Iorque. Os Estados Unidos são o maior consumidor de café do mundo, seguidos do Brasil, que é o maior país produtor.

TURQUIA

O café chegou à Istambul em meados do século XVI graças aos mercadores sírios, e desempenha desde então um papel importante na sociedade, na política, na religião e na hospitalidade. Nos haréns, o marido julgava as mulheres também pela habilidade com que preparavam o café. Hoje em dia na Turquia há um ditado: "beber uma xícara de café juntos garante quarenta anos de amizade”.

ÁUSTRIA

Em Viena, o café foi descoberto em 1683, com a expulsão dos turcos, que abandonaram muitas sacas cheias de grãos de café. Os vienenses inventaram muitas formas de preparar o café, sempre acompanhado por um pedaço de bolo e um jornal: a arte de "passar o tempo" com classe.

JAPÃO

Tóquio, ao contrário das filosofias orientais, tem uma vida social agitada e apressada. Por conta disso, o café é considerado uma bebida energética e é consumido frio em latas ou em garrafas de plástico, e pode ser encontrado em bares ou máquinas de distribuição, que são facilmente encontradas. Há alguns anos surgiram as redes de cafeterias e restaurantes de estilo europeu.

ALEMANHA

O café de filtro é preferido pela maioria das pessoas, acompanhado por um café da manhã reforçado. Durante o dia é consumido de forma rápida, de pé nos Stehkaffee, hábito que tem mudado lentamente, com o intuito de se descobrir o verdadeiro aroma das qualidades do café preparado com cuidado e atenção.

ESCANDINÁVIA

O norte da Europa tem o recorde de consumo per capita. O café de torra clara e mais volumoso é preferencialmente consumido.